home Bem-Estar, Relacionamentos O romance e a curiosidade: Qual a sua relação?

O romance e a curiosidade: Qual a sua relação?


Quando pensa em romance, qual a primeira coisa que vem na sua cabeça? O que essa palavra significa para você? Hollywood faz um bom trabalho na hora de criar uma visão distorcida do que é romance. Graças aos filmes acabamos criando expectativas demais sobre os nossos relacionamentos.

Nos filmes tudo é perfeito e na maioria das vezes acaba muito bem. Na vida real, os romances são muito mais complexos.

O romance e a curiosidade: Qual a sua relação?
O romance e a curiosidade: Qual a sua relação?

Presentes e surpresas não são tudo na vida de um casal

Todos nós gostamos de presentes e surpresas da pessoa que amamos. Isso mostra que a outra pessoa dá atenção ao nosso bem-estar, além de fazer nos sentirmos importantes ao pensar em todo o tempo que levou para planejar e organizar a surpresa.

Entretanto, dar presentes com muita frequência pode fazer com que a pessoa acabe querendo cada vez mais bens materiais ao invés de afeto e carinho. É preciso ter cuidado para não se esquecer do que realmente é o amor.

O amor e o romance não são feitos de presentes, eles são construídos ao conhecer o seu parceiro a um nível mais profundo para que você possa ter uma conexão cada vez mais forte com ele. Bens materiais podem ser muito bons, mas servem apenas para dar satisfação a curto prazo.

Veja também: Como recuperar o romantismo no relacionamento

A sua curiosidade é o melhor presente que o seu parceiro pode ganhar

O segredo para ter um relacionamento mais romântico e duradouro é a curiosidade. Quando você tem curiosidade sobre a pessoa que está junto de você, significa que você tem interesse no seu mundo e em tudo que está nele.

Se a sua namorada gosta de ir a peças de teatro, por exemplo, você não precisa querer ir a uma peça, mas você vai. Não pela peça em si, mas para mostrar que você quer aprender mais sobre ela através das coisas que ela gosta.

Mesmo que você não tenha gostado tanto, isso pode gerar um assunto para uma conversa casual em um jantar. Ou talvez você realmente goste e isso vai passar a ser uma atividade para vocês fazerem juntos.

Fazer esse tipo de coisa deixa vocês mais íntimos e ajuda a construir um laço maior e melhor entre os dois.

A curiosidade quebra paredes

A curiosidade não envolve apenas participar de coisas que o seu parceiro gosta de fazer. Ela também envolve querer saber mais sobre a pessoa em si. Essa é a melhor forma de se comunicar com o seu parceiro.

Muitas vezes resolvemos apenas tirar conclusões sobre a pessoa por contra própria. Não é incomum julgar o parceiro por certos hábitos ou decisões. Quando você começa a se aproximar de alguém dessa forma, fica muito fácil entender as coisas de forma errada. Com isso você pode acabar machucando os sentimentos do outro e gerando discussões desnecessárias.

Se o seu parceiro tem dificuldade para falar sobre os seus sentimentos, por exemplo, e não se expressa muito em conversas importantes, você pode acabar pensando que ele não se importa com os seus sentimentos ou com a situação.

Ao invés de assumir coisas, tirar conclusões precipitadas e ficar frustrado, pode ser melhor tentar conhecer esse lado do parceiro de forma mais profunda.

Isso dá a ele a oportunidade de “derrubar as suas paredes” e se abrir para você. Ao conhecer mais sobre coisas que você não sabia, vocês podem se tornar mais próximos. O parceiro deve ser sempre um aliado, por isso o importante é tentar conhecer mais sobre ele antes de fazer qualquer julgamento.

O romance na vida real

Amor e romance são muito mais do que apenas presentes. Eles são algo que dinheiro nenhum pode comprar. Esses sentimentos, na verdade, envolvem afeto, atenção, tempo e curiosidade.

Tudo isso é muito mais valioso do que qualquer presente que você poderia ganhar. Quando os presentes são substituídos por demonstrações de afeto e atenção, o relacionamento atinge novos patamares e se torna mais profundo.

Veja também