home Dinheiro, Estilo de Vida Dicas de economia das nossas avós que nunca devemos esquecer

Dicas de economia das nossas avós que nunca devemos esquecer


Dicas de economia das nossas avós que nunca devemos esquecer
Dicas de economia das nossas avós que nunca devemos esquecer

Quando lembramos das pessoas da época dos nossos avôs e avós é impossível não lembrar do quanto eles sabiam ser práticos e econômicos usando coisas simples. Atualmente é mais fácil encontrar coisas práticas para o dia a dia, mas usando algumas dicas de economia de pessoas antigas, podemos ser práticos e ainda economizar.

Reaproveitar o máximo possível das coisas não gera apenas economia, mas ajuda na preservação do meio ambiente, pois muitas coisas que iriam para o lixo acabam podendo ter utilidade nas nossas próprias casas.

Veja algumas dicas de economia da época das nossas avós que nunca devemos esquecer.

Embalagens diversas

Sabe aquele pote de manteiga que você ia jogar fora? Basta lavá-lo e você terá um pote para guardar comida na geladeira ou no armário. Embalagens de vários produtos como manteiga, achocolatado, maionese e sorvete podem ser reaproveitados para guardar alimentos ou até mesmo organizar o seu armário.

Jornal velho

O número de pessoas que tem hábito de comprar jornais hoje em dia é bem mais baixo, mas se você tiver alguns sobrando em casa, não jogue fora. As folhas de jornal têm diversas utilidades, elas servem para forrar o chão em reformas ou pinturas, para fazer artesanato, limpar janelas e até mesmo melhorar a segurança de embalagens.

Cascas e sementes de frutas e vegetais

As frutas e vegetais podem ter inúmeras utilidades mesmo após o seu consumo. Se você tem uma chaleira que está muito escura, coloque dentro dela água e cascas de limão e coloque para ferver. A casca da laranja ou qualquer outra fruta cítrica pode substituir o refil do seu repelente de insetos de tomada. Cenouras, abacaxis, beterrabas, nabos, entre outros ainda podem ser replantados em casa.

Vidros de geleia, requeijão ou molho de tomate

Reaproveitar esses copos de vidro sempre foi um costume muito popular por aqui, não à toa que nos anos 90 muitos vidros de requeijão e molho de tomate começaram a vir com desenhos de personagens para chamar atenção das crianças.

Sobras de sabão

Quando o sabão vai chegando ao fim, ele fica endurecido e mais difícil de usar. Se você guardar esses pedaços, quando tiver uma boa quantidade poderá derreter e formar uma nova barra de sabão. Ela poderá ser utilizada para lavar roupas, calçadas e até mesmo louças. Você ainda pode adicionar essência de sabonete ou de detergente aos sabonetes derretidos para que ele fique mais cheiroso.

Roupas que não servem mais

Roupas que não servem mais nunca devem ser jogadas fora. Você pode doá-las para outras pessoas ou reaproveita-las fazendo almofadas para a casa, utilizando os retalhos para consertar outras roupas ou fazendo bichinhos de pano para as crianças.

Os botões e zíperes também podem ser guardados para ser reutilizados em outras roupas.

Escovas de dente

As escovas de dente devem ser trocadas no período recomendado pelos dentistas, mas quando for trocar, não jogue as escovas antigas fora. Elas podem ser excelentes para limpar pequenos vãos da sua casa que estiverem acumulando sujeira.

Veja também