home Bem-Estar, Relacionamentos Como lidar com ciúmes no relacionamento

Como lidar com ciúmes no relacionamento


Como lidar com ciúmes no relacionamento
Como lidar com ciúmes no relacionamento

Relacionamentos amorosos estão longe de ser aquela coisa perfeita que vemos na TV. Construir e manter um relacionamento duradouro requer sacrifícios, compromisso e equilíbrio. Todo relacionamento tem problemas que podem não ser tão influentes mas certos problemas acabam afetando o relacionamento mais do que os outros, e a falta de confiança é um deles. Aprender a lidar com ciúmes não é fácil, mas em alguns casos pode ser necessário.

O que se passa na cabeça de uma pessoa ciumenta?

Antes de lidar com um problema, é preciso entender como e por que ele ocorre. Uma pessoa ciumenta tem tendência a ser possessiva e até mesmo agressiva quando se sente ameaçada.

Isso ocorre por falta de autoconfiança, a pessoa tem tendência a se diminuir e passa a ter um medo constante de se sentir abandonada ou ignorada pelo parceiro na hora de competir por atenção. Nesses casos o que o seu parceiro precisa é de afirmação. Ele precisa saber que você o ama, que é único na sua vida e que pode confiar em você. Mas também é preciso entender que um relacionamento é uma troca e que cada um deve ter a sua própria vida.

Como lidar com ciúmes no relacionamento

Na hora de lidar com um parceiro ciumento, pequenos detalhes podem fazer muita diferença. Uma pessoa que não tem autoconfiança não vai se sentir confortável com um parceiro totalmente independente que não pensa nas consequências das suas decisões.

Existem alguns pequenos gestos que você pode fazer para mostrar o quanto se importa com o seu parceiro e ajudá-lo a superar esse problema.

Antes de mais nada, é fundamental ter uma conversa franca com o seu parceiro. Não faça isso no meio de uma discussão, deixe para um momento que vocês estiverem calmos. É preciso que os dois estejam dispostos a lidar com isso.

Explique que os ciúmes não são de todo ruim, eles são uma forma de demonstrar amor, mas que de forma exagerada ele pode acabar estragando momentos bons. Vocês precisam confiar um no outro, afinal a confiança é a base do relacionamento.

Faça um esforço para mostrar que é confiável. Evite comportamentos que geram ciúmes como ficar olhando para outras pessoas na rua ou comentar o quanto acha alguém bonito. Para alguns casais isso pode ser normal, mas outros podem considerar isso uma forma de desrespeito.

Mostre que pensa nele(a) mesmo quando vocês não estão juntos. Vocês não precisam ficar em contato o tempo todo, pois cada um precisa saber aproveitar os seus momentos de individualidade. Quando sair com os amigos, mande uma ou duas mensagens de texto românticas para a pessoa saber que está na sua cabeça mesmo quando vocês não estão juntos.

Não deixe o ciúme dominar a relação. É preciso entender que ciúme exagerado ou agressivo não é saudável para nenhum relacionamento. O ciúme não pode ser desculpa para a pessoa controlar cada passo seu.

O melhor a fazer é manter a calma a explicar que cada um precisa ter a sua vida e que vocês poderão sempre conversar sobre o que fizeram no fim do dia.

Algumas pessoas optam por deixar o celular e as senhas a disposição do parceiro. Mesmo que você não tenha nada a esconder, só faça isso se perceber que irá deixar a pessoa mais segura, e não inventando um monte de coisas que nunca aconteceram.

O ciúme exagerado é uma questão de aceitação pessoal e só a própria pessoa pode mudar. O máximo que você pode fazer é mostrar para o parceiro que ele é amado e que não tem nada a temer. Vocês não podem deixar de viver só porque o outro não aceita que vocês tenham vidas individuais.

Uma pessoa ciumenta acha que irá perder o namorado ou namorada se não for possessivo o bastante, mas o que acaba acontecendo é justamente o contrário. Se vocês querem ficar juntos é essencial demonstrar que você ama a pessoa pelo que ela é e que não tem sentido ter ciúmes de terceiros.

O pensamento de perda constante nos faz inventar problemas onde eles não existem. Ao entender isso é possível enxergar toda a situação de forma diferente.

Veja também