home Alimentação e Saúde, Estilo de Vida Comer queijo maturado pode te ajudar a viver mais

Comer queijo maturado pode te ajudar a viver mais


Uma boa notícia para quem adora comer queijo! De acordo com um artigo publicado no site Nature medicine, queijos maturados como o parmesão, gruyére, emmental, provolone, edam e gouda contém um composto químico especial chamado Poliamina Espermina que desacelera o processo de envelhecimento, reduz o risco de doenças no coração e pode aumentar bastante a expectativa de vida.

Os queijos maturados são aqueles que tiveram a sua umidade retirada, geralmente eles são permitidos até mesmo na dieta de pessoas com intolerância a lactose.

Para a fabricação dos queijos maturados são utilizadas bactérias láticas que se alimentam de lactose, então quanto maior for o tempo de maturação do queijo, menor será o seu teor de lactose.

Comer queijo maturado pode te ajudar a viver mais
Comer queijo maturado pode te ajudar a viver mais

Comer queijo pode te ajudar a viver mais?

Um experimento sobre isso foi feito inicialmente em ratos de laboratório. Eles perceberam que quanto mais queijo os ratos comiam, mais tempo eles viviam. Depois testes foram feitos comprovando que ele podia ter o mesmo efeito em seres humanos.

Na Itália cerca de 800 pessoas responderam um questionário sobre os seus níveis de consumo de queijo. Depois de completar o questionário, foi descoberto que mais da metade das pessoas que consumiam queijo com frequência eram menos propensas a sofrer com doenças cardiovasculares e hipertensão.

O estudo ainda foi mais adiante e mostrou que 40% das pessoas que consumiam queijo tinham menos chances de ter Insuficiência cardíaca.

De acordo com vários pesquisadores a Poliamina ajuda a combater toxinas ruins no corpo, permitindo que as células possam se regenerar.

Entretanto, ainda assim é preciso consumir com moderação, pois o queijo contém um alto nível de calorias e pode fazer mal a saúde se consumido em excesso.

Para ter uma dose diária de Poliamina você também pode optar por alimentos mais saudáveis como milho, grãos integrais e ervilhas.

O queijo também é uma excelente fonte de cálcio e proteína, além de conter grandes quantidades de vitamina A e B12 junto com boas doses de zinco, fósforo e riboflavina.

Veja também