home Estilo de Vida, Pets 10 Dicas para cuidar melhor do seu cachorro

10 Dicas para cuidar melhor do seu cachorro


10 Dicas para cuidar melhor do seu cachorro

Todo o mundo que tem um cachorro sabe o quanto é bom. Além de serem muito companheiros, eles trazem alegria para as nossas vidas com o seu jeito brincalhão. Mas para que tudo corra bem, é preciso tomar certos cuidados.

Cuidar da higiene, saúde e do bem-estar do cachorro é fundamental para que ele não adoeça e tenha uma convivência agradável com todos da sua casa. Neste artigo separamos 10 dicas que você deve seguir para cuidar melhor do seu cachorro.

10 Dicas para cuidar melhor do seu cachorro

1 – Cuide da sua segurança e conforto

Algumas raças de cachorro como o Pastor-alemão ou o Labrador vivem muito bem em quintais, mesmo em dias mais frios. Se o seu cachorro vive no quintal, tome cuidado para não o deixar ter contato com coisas perigosas como ferramentas de jardinagem, pesticidas ou outros produtos que podem trazer riscos para a sua saúde.

Mas outra grande ameaça para a saúde dos nossos companheiros é o clima. Em dias muito quentes ou muito frios, certifique-se de que ele terá um local com temperatura mais estável para ficar.

No frio, coloque caminhas e cobertores bem aquecidos para ele. Se for um cachorro pequeno, o melhor pode até ser deixá-lo dentro de casa.

Nos dias de calor, certifique-se de deixar para ele água fresca e um local com sombra para repousar.

2 – Não deixe o cachorro preso dentro do carro

Muitas pessoas tem o costume de sair para fazer compras e deixar o cachorro dentro do carro no estacionamento.

Entretanto, no verão, mesmo com as janelas abertas a temperatura dentro do veículo fica muito elevada. Como os cães não transpiram como nós humanos, eles acabam sofrendo bastante. E muitos deles ficam aflitos pois não sabem o que fazer.

Para cuidar melhor do seu cachorro, prefira deixar ele em casa em local fresco e arejado quando for sair nos dias de calor.

Além disso, mesmo em dias frios, nunca se esqueça de deixar uma fresta da janela aberta para que o ar possa circular. Caso contrário o seu animalzinho poderá acabar morrendo.

3 – Leve ele para se exercitar

Muitos cães gostam de visitar lugares diferentes e fazer exercícios. O recomendável é fazer ao menos uma caminhada diária. Aproveite essa oportunidade para cuidar melhor do seu cachorro e ainda cuidar do seu corpo ao mesmo tempo.

O exercício permite que o cachorro fique em forma e ainda evita problemas de digestão e mau comportamento.

Um cachorro mantido isolado e confinado pode acabar adotando um comportamento agressivo ou destruidor devido ao acúmulo de energia.

4 – Cães gostam de socializar

Expor o cachorro a outros cachorros e pessoas desde cedo é uma ótima forma de mantê-lo sociável.

Tenha cuidado para que ele não acabe se tornando agressivo ou muito tímido. O cão acostumado com outros cães de comporta muito melhor em encontros de cães ou durante os exercícios em local público.

Fazer com que ele seja acostumado a diversos tipos de cheiros e pessoas faz parte do seu processo de socialização.

5 – Eles precisam de laços, assim como as crianças

Assim como as crianças, os cachorros precisam de cuidados e orientação. É preciso que eles aprendam a lidar com limites, regras, boas maneiras e consequências.

De acordo com especialistas, as sessões de treinamento nunca devem durar mais de 10 minutos, mas o ideal é que elas terminem em um momento positivo, com o cão tendo o comportamento correto e conseguindo uma recompensa.

Se você preza por cuidar melhor do seu cachorro, vale muito a pena se dedicar à sua educação. As vantagens valem tanto para o cachorro quanto para o dono que terá um bichinho mais calmo e alegre.

6 – Dê a ele uma alimentação de qualidade

Assim como nós humanos, os cães adoram comida. Ofereça ao seu cão uma ração de qualidade que irá oferecer os nutrientes necessários para que o seu organismo funcione bem e para que a sua saúde seja mantida. Os melhores horários para alimentar os cães são de manhã e durante a tarde.

E fuja dos petiscos. Por mais que dê pena ver o cachorro olhando enquanto comemos, muitos alimentos que são parte da nossa dieta fazem mal para eles.

7 – Exercite o seu cérebro

Assim como nós humanos, os cães também precisam manter o equilíbrio entre o corpo e a mente para ter uma vida mais feliz. Para isso, aposte na brincadeiras e jogos que fazem com que ele investigue e faça descobertas usando o cérebro e os sentidos.

Expor o cão a novas situações, ambientes e cheiros também é muito bom. Leve ele para fazer um passeio em um lugar diferente como a praia ou parque que você não costuma levar muito ele. Alguns cães gostam até mesmo de viajar com os seus donos.

8 – Ofereça recompensas

Quando o seu cão tiver um bom comportamento durante as suas atividades, ofereça a ele alguma recompensa. Existem até mesmo alguns brinquedos que estimulam o exercício do cérebro e recompensam o animal com um petisco escondido dentro.

Evite oferecer recompensas como conforto em situações em que ele estiver assustado, pois isso pode fazer com que o cão associe isto a um bom comportamento. Em casos em que o cachorro estiver assustado, o melhor é tentar colocá-lo perto de algo que ele associe ao dono como uma roupa ou cobertor com o seu cheiro.

9 – Se comunique melhor

Os cães conseguem associar certas instruções à forma que falamos com eles. O cachorro sabe, por exemplo, quando estamos o chamando ou repreendendo alguma das suas atitudes. Mas se você busca uma forma mais efetiva de treiná-lo, dê preferência a linguagem de sinais. Eles conseguem interpretar muito melhor comandos feitos com linguagem corporal.

10 – Evite carinhos que eles não gostam

Quem tem um cachorro com certeza gosta de abraça-lo. Mas é importante saber que nem todo cão gosta de ser abraçado. Muitos deles se sentem assustados ou ameaçados, pois interpretam o gesto como uma tentativa de dominar os seus movimentos.

Tenha cuidado, principalmente com crianças com as quais os cães não estão acostumados. Muitos casos de mordida começam com uma simples tentativa de abraço.

Quando for fazer carinho no cachorro, prefira acariciar as suas costas ou cabeça, mas sem ficar dando batidinhas.

Veja também